Pronto, falei…

2011/08/28

Remoídas Paulista

Filed under: #prontofalei, Empresas, Reclamações — Tags:, , , — csonoda @ 20:27

No final de agosto/11 decidi ir para Lins, SP, fazer uma visita ao meu pai.
Nada demais, final de semana normal, sem motivos aparentes para maiores preocupações.
Comprei as passagens de ida e volta pela internet, no site da Reunidas Paulista (www.reunidaspaulista.com.br), sem maiores problemas.

Chegando no terminal rodoviário da Barra Funda, uma pequena fila para retirar a passagem, sem crise, já que cheguei com os 30 minutos de antecedência que solicitam.
Eis que chega a minha vez e uma moça (não sei dizer a idade dela, sou péssimo para isso, mas era mais nova que eu.. Isso é fato!) chega pelo lado da fila e pergunta se pode pegar a passagem pois já estava em cima da hora. Os balconistas se olharam e, alguns segundos depois, resolveram atendê-la. Acho que estava tão de saco cheio que não reclamei, mas acho um absurdo as pessoas acharem que sempre poderão ser atendidas por estar em cima do horário. Basta respeitarem as recomendações no momento da compra.
Parênteses: quantas pessoas realmente lêem o que está escrito quando compram alguma coisa pela internet? Se lêem, quantas seguem recomendações como tempo de antecedência e documentos que devem levar? Fecha parênteses.
Tudo isso ficou no esquecimento quando encontrei um grande amigo que também ia pra Lins, no mesmo ônibus.

horas depois…

No domingo, dia da volta, algumas coisas me chamaram a atenção.
Primeiro, o motorista entrou, deu os avisos e disse que era novo na linha, que, se houvesse algum erro no trajeto, para desculpá-lo e que agradeceria a ajuda para evitar estes erros.

Humildade muito grande do motorista em admitir que não conhecia o trajeto, mas que revelava a falta de treinamento da empresa, pois não poderia entregar uma tarefa como esta sem o mínimo de explicação e treinamento.
Viagem tranquila até Pirajuí (sem erros de trajeto do motorista!!). Embarcaram os passageiros desta cidade e “here we go!!”. Não, quebraram algumas correias!! Algumas!! E o carro parecia novo…
“Tudo bem!” eu pensei, afinal de contas, Pirajuí está a 50 km de Lins, origem da linha, e 50 km de Bauru, onde a empresa tem uma garagem. Em menos de 1 hora um ônibus reserva estaria a disposição.
40 minutos depois, desço do ônibus para saber a previsão e eis que surgem informações desencontradas: mais 40 minutos (!!), ainda não tem carro a caminho, o carro está disponível, mas não tem motorista… Po**a!! Em 1 hora dava para mandar o motorista de carro/táxi e ele voltar com o carro reserva.
Liguei para o 0800 da empresa e abri uma reclamação, pois, com o atraso, teria problemas com o horário de chegada em São Paulo.

Também entrei no Twitter, fiz algumas menções ao @reunidas_paulis e nada… Aliás, silêncio desde 31/dez/2010… Uau, fantástica utilização de mídia social…

Ok, informações (sejam elas boas ou não) absorvidas, até que o motorista informa que não adianta chegar um carro se o bagageiro ficar fechado com as malas dentro. Bom, perguntei para se não tinha um jeito de abrir sem ter que ligar o ônibus e ele afirmou que só ligando. Não aceitei e falei que era uma falha muito grande não ter a opção de abrir as portas sem o sistema de controle que ele mencionou. Em vão, ele disse que um mecânico da montadora estava a caminho para, pelo menos, fazer o carro ligar e abrir o bagageiro.

Chegando o carro reserva, ficamos na espera de como fariam para abrirem as portas. Eis que alguém da empresa pega uma chave do ônibus, vai até a porta, abre uma pequena portinhola e, voilá, portas abertas…
Ei, espera aí, quer dizer que o motorista não foi instruído para operar em situações de emergência o seu equipamento de trabalho??? Socorro, corram para as colinas!!!

Carro reserva, na parada em Bauru

Bom, saímos de Pirajuí (as 17:50, saímos de Lins as 15:00!!!) com um ônibus reserva nas condições que um carro reserva, sem trocadilhos, nos reserva: mais sujo, mais barulhento, menos confortável, enfim, fazendo jus ao apelido da Reunidas: “Remoídas”.

Pausa no posto Escala, alvo de reclamações na última parada, pois muitos requisitaram que o motorista não fizesse esta parada. Não atendida e, na minha opinião, o motorista agiu corretamente.

Aproveitei para apertar uns parafusos, sim, apertei uns parafusos para ver se os barulhos paravam… Não pararam, mas diminuíram…

Ok, cheguei em São Paulo as 23:50, mais de duas horas depois da previsão (21:30), mas ainda estou esperando um retorno da reclamação feita no 0800 da empresa. Será que vão retornar? Será que vão atender o meu pedido?? Honestamente, não acredito!

2009/12/29

O trânsito no Brasil

Filed under: Por um Brasil melhor — csonoda @ 23:00

Recentemente a Porto Seguro, uma das principais seguradoras do país, lançou uma campanha, por um trânsito mais gentil – vejam mais na web aqui, no blog ou sigam o @transitogentil no twitter. Sem dúvida uma campanha importante, que se todos aderirem, trará muitos benefícios para este grande caos que vivemos diariamente dentro dos carros.
Mas o ponto que quero abordar é a origem das ações que podem trazer uma trânsito mais gentil em todo o país, a educação.
Se todos os motoristas tivessem educação para, ao menos, respeitar as leis e regras de trânsito, com certeza nosso trânsito seria mais gentil.
É extremamente difícil ser gentil nos dias de hoje, onde motoristas querem levar vantagem em tudo e, para ter essa vantagem, não de importam em desrespeitar as leis de trânsito, como andar pelo acostamento, pela contramão, atravessar farol vermelho, parar em lugar proibido, como se tudo valesse para chegar mais rápido ou ser mais esperto que os outros. E esses outros geralmente são os que respeitam as leis, mas ficam com aquele sentimento de “como sou trouxa, eu aqui parado e aqueles fazendo tudo errado e não são punidos”.
De que forma ceder a passagem para um destes “espertos”, que pouco sabem o que é certo ou errado. Será que eles sabem que estão errados? Será que eles agradecem uma gentileza?
Apoio a campanha da Porto Seguro, mas, além de apoiar a campanha, acho que temos que trabalhar a educação no Brasil, criar o discernimento entre o certo e o errado e a partir desta base construirmos um país civilizado e com cidadania. Só a partir da nossa conscientização e do cumprimento de nossos deveres poderemos cobrar nossos direitos dos nossos governos (municipais, estaduais e federais), não só no que diz respeito ao trânsito, mas em todos os aspectos de nossas vidas.
Mas, enquanto isso, vamos nos esforçar para sermos mais gentis durante o nosso tempo dento do carro, por um trânsito mais gentil e um país melhor.

Atualização: achei duas fotos que tirei quando estava no trânsito, que mostram motoristas que acham que acostamento é pista ou que tem mais direitos que os outros… Péssimo exemplo de motorista e cidadão.

2009/12/21

a difícil tarefa de ser cliente no Brasil

Filed under: Empresas, Reclamações, Servicinho mais ou menos — csonoda @ 23:05

não deveria nem mencionar este site de compras por aqui, mas…
o recado e o post vai ser curto: o submarino.com não cumpre as promessas de entrega, nem depois da segunda oportunidade que dei para eles…
em resumo, 1 dia útil para o Submarino.com é igual a ‘x’ dias, onde o valor de ‘x’ ainda é desconhecido…

PS: enquanto isso, a Net resolveu o problema, eles verificaram a gravação e agora está tudo ok aqui em casa..

2009/10/17

Isso só acontece no Brasil??

Filed under: #prontofalei — csonoda @ 12:24

Algumas coisas acontecem aqui no Brasil e eu frequentemente faço a pergunta: Será que isso só acontece no Brasil?

O que mais incomoda é no trânsito, onde encontro vários motoristas fazendo coisas erradas e quando alguém fala que eles estão errados, ficam bravos e parece que estão certos.

É como se tivessem permissão especial para andar no acostamento, fazer conversões proibidas, parar 4 faixas de uma rodovia para pegar uma saída (quem volta de alphaville para SP todo dia sabe o que é isso na saída para o rodoanel)…

Isso sem contar que muitos dos profissionais que vivem no trânsito, como motoristas de ônibus, taxistas, motoboys, sempre estão fazendo algo não permitido, diariamente ou, pior, várias vezes por dia…
não são essas pessoas que deveriam lutar por um trânsito mais educado e respeitador? ou será que isso não vale nada nos dias de hoje…

Enquanto isso, vou continuar buzinando para as pessoas que estão erradas, tirando fotos de carros andando no acostamento (postarei algumas fotos aqui) para ver se eles se toquem e voltem a respeitar as leis…

2009/10/16

Sobre o “Pronto, falei…”

Filed under: #prontofalei — csonoda @ 20:41

O título “Pronto, falei…” vem da tag do Twitter #prontofalei, que serve como uma válvula de escape…

outro dia encontrei um post típico de desabafo, daqueles dias de saco cheio… vocês podem ler ele aqui

se fizerem a busca no twitter por #prontofalei ou prontofalei, vocês terão uma idéia do que essa expressão significa…

A prestação de serviços no Brasil

Filed under: Empresas, Reclamações, Servicinho mais ou menos — csonoda @ 20:19

O que vou escrever aqui não é novidade para ninguém, não serei o primeiro nem o último.
Mas, tenho que expressar a minha opinião a respeito dos serviços prestados em telefonia, internet e tv a cabo.

O que está acontecendo é que as empresas sequer querem saber o que o seu consumidor querem, vivem empurrando pacotes e mais pacotes e nós vamos aceitando, sem questionamentos ou restrições.

Isso faz com que situações estranhas aconteçam, muitas delas comigo. Sou um consumidor exigente, às vezes chato demais, mas só quero receber o que contratei.

Vou relatar o que está acontecendo comigo:
Durante algum tempo queria ter os canais em alta definição (HD TV) e no dia 09/outubro/2009 recebi o contato da minha operadora de tv a cabo (NET) oferecendo um upgrade no meu plano.
Ouvi, perguntei sobre composições de serviços até que tomei uma decisão, levando em conta os valores passados pela atendente e os serviços. Agendei para o dia 14/out a instalação do equipamento.

Tudo certo, até a data da instalação, quando instalaram um serviço que não pedi (inferior ao solicitado) e piorou depois que liguei para a central de atendimento da Net. O atendente constatou que o serviço oferecido no dia 09 não era comercializado pela empresa e para atender à minha solicitação, seria cobrado uma quantia “x” a mais.
Não aceitei a nova oferta, pois queria o pacote contratado e ele abriu um chamado para analisar o meu caso, porém tenho que esperar alguns dias úteis para ter a resposta.

O que chama a atenção neste caso é como a responsabilidade de resolver o problema passa para o consumidor, pois ele é que tem que ligar na central, dizer que o que foi pedido não foi realizado e cobrar um status periodicamente, sem contar que, se a cobrança vier errada, ele é que tem que solicitar a correção da cobrança!!! Inversão completa de valores e responsabilidades!! É como dizemos: “o rabo está abanando o cachorro” ou “a banana está correndo atrás do macaco”.

Essas empresas não são eficientes na prestação de serviços (não conseguem entregar o produto/serviço solicitado no dia acordado) e todo o ônus fica com a parte mais fraca da corrente, o pobre consumidor.

Infelizmente não temos opções suficientes, quem diria melhores, para mudar de fornecedor no Brasil.

Quando a Net resolver o meu problema (ou não), atualizo o post…

2009/10/15

Começando…

Filed under: Novato — csonoda @ 23:56

Vamos começar por um pequeno post, uma vez que não sou muito bom com palavras e isso significa que eu posso cometer algum erro ou gafe aqui…

Ainda não sei qual será a linha deste blog, mas tenho certeza que será um meio de comunicação para expor as minhas idéias e opiniões para o mundo. Você pode gostar ou não, mas serão minhas opiniões… Com bons argumentos, posso mudá-las…

Critique, mas não ofenda ou agrida…

Até logo!

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.